Auxílio Gasolina: saiba como está o Projeto

Saiba quando o etanol é mais econômico que a gasolina
(Ilustrativa)

O Auxílio Gasolina, Auxílio Combustível Brasileiro (ACB), se trata de um Projeto de Lei (PL nº 1.4720), que busca oferecer o benefício de até R$ 300 a determinadas categorias profissionais, frente ao aumento dos combustíveis. Muito vem se falando sobre o PL, mas, afinal, como está a proposta? Veja a seguir.

Confira os detalhes do auxílio gasolina
(Foto: Pixabay)

Auxílio Gasolina: o que você precisa saber

Até esta data, o benefício se encontra aprovado pelo Senado, porém, deve necessitar da aprovação da Câmara sem precisão para a análise pelos deputados.

De acordo com o Departamento de Ciências Políticas da Universidade Federal de Goiás (UFG), é importante ressaltar que, caso seja aprovado, o Auxílio Gasolina, só poderá começar a ser pago em 2023. Isso porque, mesmo com a sanção presidencial, novos benefícios não podem começar a serem pagos em ano eleitoral.

VEJA TAMBÉM

Veja como economizar na gasolina
(Foto: Pixabay)

 

Benefício não tem valores ou formas de pagamento definidos

Além disso, como o Projeto ainda precisa seguir um “caminho” um tanto demorado para que o benefício seja instituído, o texto original traz destaques, mas que podem sofrer alterações. No PL original, por exemplo, se propõe que:

  • R$ 300: para motorista de transporte individual (taxistas e motoristas de aplicativos)
  • R$ 300: para condutores de pequenas embarcações (motores até 16 hp);
  • R$ 100: destinado aos condutores de motos de até 125 cilindradas.

Para garantir acesso ao benefício social, será preciso que a pessoa tenha uma renda familiar de até três salários mínimos. Além disso, quem estiver inscrito no Auxílio Brasil terá prioridade na hora de receber o dinheiro.

Mas, como dito anteriormente, o texto pode sofrer mudanças na Câmara dos Deputados e pelo presidente da República.

Com alta da gasolina, população faz protestos e memes nas redes sociais
(Foto: Pixabay)

Financiamento para o Auxílio Combustível

De acordo com o texto sancionado pelo Senado, o Auxílio Gasolina será financiado por:

  • royalties, participações do governo relativas ao setor de petróleo e gás destinadas à União, resultantes da concessão e da comercialização do excedente em óleo no regime de partilha de produção, ressalvadas as parcelas já vinculadas a determinadas áreas;
  • dividendos (lucros distribuídos a acionistas) da Petrobras pagos à União;
  • receitas públicas geradas com a evolução das cotações internacionais do petróleo bruto, desde que haja previsão em lei específica;
  • parcelas de superávits financeiros extraordinários

O que você achou? Siga @sitegaragem360 no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Erica Franco
Erica FrancoJornalista por formação com mais de 15 anos de experiência em redação geral e automobilística. Passagens pelo caderno "Máquina e Moto" do Jornal Agora São Paulo, Folha online, Jovem Pan, Uol, Mil Milhas, Revista Consumidor Moderno, Portal No Varejo, entre outros. Atualmente dedica-se a função de editora do portal Garagem360, apurando notícias do universo automotivo e garantindo o padrão de qualidade dos conteúdos veiculados.
ASSISTA AGORA
×

Mais veloz que esses carros? Apenas as notícias que traremos até você!

Cadastre-se na nossa newsletter e além de ficar por dentro de todos lançamentos, você também será o primeiro a ser notificado dos nossos testes e outras noticias incríveis por e-mail!
Veja mais ›
Fechar