8º Salão Auto CAIXA será realizado de 18 a 20 de junho

Notícias 16 de junho de 2015 Rodrigo Loureiro 0

Durante o evento serão oferecidas condições exclusivas para a compra de motos e automóveis  

Em parceria com o Banco PAN, a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) e a Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), a Caixa Econômica Federal realizará, entre 18 e 20 de junho, o 8º Salão Auto CAIXA.

Durante o evento, cujo objetivo é potencializar as vendas, serão oferecidas condições exclusivas para a compra de motos e automóveis novos e usados com juros a partir de 1,09% a.m., além do pagamento da primeira parcela em até 120 dias.

O objetivo é potencializar as vendas, as parcerias firmadas têm a função de desenvolver ações conjuntos destinadas aos consumidores físicos e jurídicos e proporcionar novas possibilidades comerciais.

Para Fabio Lenza, vice-presidente de negócios emergentes da Caixa, o acordo é uma parceria importante para o setor. “As excelentes condições proporcionam segurança na tomada de decisão dos clientes, gerando oportunidade de novos negócios para as concessionárias parceiras”, afirma.

De acordo com Luiz Moan, presidente da Anfavea, o timing da parceria é ideal. “Em um momento de grande complexidade conjuntural, temos a convicção de que esta ação será recheada de bons resultados e confirmará a tradição de sucesso das edições anteriores”, diz.

A expectativa é de que durante a realização do salão ocorra um acréscimo de 60% nos financiamentos das instituições, atingindo um volume próximo a R$ 1 bilhão, que representa contribuição de cerca de 15% do total de veículos financiados no Brasil em junho.

Segundo a Caixa, 2.500 gerentes e 1.000 operadores de crédito dos dois bancos, em mais de mil concessionárias por todo o Brasil estarão disponíveis para atender os consumidores. A lista de revendas participantes pode ser consultada no site oficial do salão.

Retrospecto positivo

No último Salão Auto CAIXA, realizado em dezembro de 2014, os dois bancos participantes ultrapassaram a marca de R$ 1 bilhão em novas concessões. O bom resultado significou alta de 0,5% no market share em relação ao mês anterior.