Carros voadores: protótipos atuais são mini-aeronaves e distantes da realidade

Aero 15 de março de 2019 Maria Beatriz Vaccari 0

Atualmente, muito se fala sobre projetos e protótipos de carros voadores. Eles realmente existem e já são testados ao redor do mundo – mas, de carros, esses projetos não têm nada.

Quer ganhar um e-book exclusivo com dicas para cuidar melhor de seu veículo? Assine nossa newsletter neste link.

Clayton Zabeus, professor e especialista do Centro de Pesquisas do Instituto Mauá de Tecnologia, explica que as tecnologias usadas na maioria dos carros voadores não são nem um pouco semelhantes às adotadas por veículos terrestres convencionais.

“As pessoas chamam de carro voador porque tentam migrar o conceito do veículo que conhecemos. Se analisarmos, esses protótipos são muito mais semelhantes a meios de transporte aéreos, como helicópteros e quadricópteros”, afirma.

Atualmente, já existem alguns projetos que mesclam tecnologias aéreas com terrestres. Entretanto, o especialista destaca que boa parte dos veículos considerados carros voadores não são feitos para circular muito tempo na rua. O objetivo central é a locomoção aérea.

Os carros voadores são possíveis?

O professor acredita que a ideia dos veículos voadores é possível, mas diz que o maior desafio é torná-los economicamente viáveis. “Um dos exemplos disso é que um ‘carro voador’ teria que gastar muito mais combustível para funcionar do que um automóvel tradicional. A solução seria implementar um propulsor elétrico. Mas será que isso é viável em termos financeiros?”, questiona.

Outro fator importante é que os “carros voadores” dependem do avanço das tecnologias de condução autônoma. “Não se espera que o motorista conduza esse tipo de veículo. A direção autônoma vai garantir muito mais segurança aos trajetos”, afirma Zabeus.

Enquanto os “carros voadores” não chegam ao mercado, veja alguns projetos em andamento ao redor do mundo: