5 carros 0 Km com preços mais inflacionados do mercado em 2021

carros 0Km com preços mais inflacionados
Veja uma lista com os carros 0 Km com preços mais inflacionados (Foto: Divulgação/Honda)

O mercado de automóveis brasileiro vive um momento de instabilidade. Principalmente por conta dos constantes aumentos nos preços de certos veículos. E muitos dos modelos estão custando um pouco mais do que realmente podem custar. Por causa do ano de fabricação ou por conta do preço médio da categoria, muitos são assim. Pensando nisso, o Garagem360 selecionou 5 carros 0 Km com preços mais inflacionados do mercado.

De acordo com o levantamento da Kelley Blue Book Brasil (KBB Brasil), empresa especializada em preços de carros novos e usados, houve um aumento de 4,28% nos valores dos veículos 0 km.

Foto: (DIvulgação/Renault)

5 carros 0 Km com preços mais inflacionados 

Fiat Doblô

carros 0Km com preços mais inflacionados
Fiat Doblô (Foto: DIvulgação/Stellantis/Fiat)

Começamos esta lista com um caso clássico. A Fiat Doblô é a única remanescente dos carros chamados de monovolumes. Esta categoria fez muito sucesso na primeira década e o carro da montadora italiana era um dos modelos mais vendidos dela.

Desde seu lançamento em terras brasileiras, só passou por uma reestilização – seguindo o caminho contrário do modelo europeu. E ele aparece por aqui por custar a partir de R$ 115.990.

O mesmo preço de muitos dos SUVs compactos e sedãs modernos. Ele vem equipado com o propulsor 1.8 E.torQ. Ele pode gerar uma potência máxima de 132 cv a 5.250 rpm e torque de 18,9 kgfm a 4.500 rpm.

VW Virtus 

carros 0Km com preços mais inflacionados
VW Virtus (Foto: DIvulgação/VW do Brasil)

Um dos maiores porta-malas do Brasil. O VW Virtus foi um dos grandes lançamentos da categoria, no final da década passada. Ele disputa a preferência do público com o Fiat Cronos, com o Chevrolet Onix Plus e com o Hyundai HB20S.

Seu principal atributo é o porta-malas de generosos 521 litros. Muito mais que alguns dos jipes compactos mais vendidos. Entretanto, seus preços não ajudam muito.

Segundo a fabricante alemã, a versão mais em conta (1.6 MSI) tem preços a partir de R$ 85.190. Ele usa um motor que gera 117 cv de potência e torque de 16,5 kgfm. Enquanto isso, a versão esportiva mais cara é a GTS e está custando a partir de R$ 129.090.

Honda City

Honda City (Foto: DIvulgação/Honda)

Outro veículo de três volumes que também está um pouco acima de seus concorrentes é o Honda City. Sua atual geração foi lançada em 2014.

Desde então, passou por apenas uma pequena reestilização. Apesar de ter algumas semelhanças com seu irmão mais velho Civic, ele não consegue se destacar nas vendas. Mas conta com o fato de ser um veículo com um bom espaço interno e um bom porta-malas.

Entretanto, sua versão mais cara ultrapassa a marca dos R$ 100 mil. O Honda City EXL está custando R$ 102.200. Um valor acima dos concorrentes. Sob o capô está o motor 1.5 16V SOGC i-VTEC Flex One.

Renault Stepway

carros 0Km com preços mais inflacionados
Renault Stepway (Foto: DIvulgação/Renault)

Um outro veículo escolhido para entrar na seleção dos 5 carros 0 Km com preços mais inflacionados do mercado é o Renault Stepway. Também conhecido como a versão aventureira do Sandero.

Porém, ao contrário do compacto francês, ele oferece um pacote mais interessante. Sem falar do câmbio CVT X-Tronic (não disponível no Sandero). A transmissão está acoplada ao motor 1.6 16V SCe .

Ele tem ótima vocação para ser uma boa opção de SUV. Mas o fato de ter um porte de hatch pode não justificar o preço cobrado. Segundo o site da montadora, a versão Zen (de entrada) está custando a partir de R$ 87.790. Já o modelo Intense tem preços a partir de R$ 99.690. Ou seja, números próximos ao do Duster.

Toyota Camry

Toyota Camry (Foto: DIvulgação/Toyota)

Por fim, o sedã mais luxuoso da Toyota. O Camry possui atributos suficientes para concorrer de igual para igual com diversos carros premium. Ele possui, por exemplo, um entre-eixos de 2.825 mm. Sem falar do motor V6 3.5 L Dual VVT-i 24v DOHC. Ele tem potência de 310 cv e torque de 37,7 kgfm.

Entretanto, alguns pontos precisam ser revistos. Um deles é o preço. Custando a partir de R$ 319.290, ele é mais caro que a versão mais barata do BWM Série 3 (a partir de R$ 267.950). Sem falar que não possui itens modernos que o novo Honda Accord Híbrido oferece.

O que você achou? Siga @sitegaragem360 no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Pedro Giordan
Pedro GiordanJornalista graduado pela Universidade Metodista de São Paulo em 2017. Redator do Garagem360 desde 2021, onde acumula desde então experiência e pesquisas sobre o setor automotivo. Anteriormente, trabalhou em redação jornalística, assessoria de imprensa, blog sobre futebol e site especializado em esportes.
ASSISTA AGORA
×

Mais veloz que esses carros? Apenas as notícias que traremos até você!

Cadastre-se na nossa newsletter e além de ficar por dentro de todos lançamentos, você também será o primeiro a ser notificado dos nossos testes e outras noticias incríveis por e-mail!
Veja mais ›
Fechar